sexta-feira, 29 de abril de 2016

As raça raízes.


Na literatura esotérica e espiritualista considera-se que o ciclo evolutivo da Terra é composto por sete raças, sendo que cada uma possui sete sub-raças.
Essas raças foram sendo "gestadas" com seres que evoluíram no próprio planeta e com seres que vieram para cá de outros planetas. Lembramos aqui que trata-se de categorias espirituais. A raça, para essas filosofias, é apenas o suporte físico para manifestação do espírito. Então, entenda-se que quando se diz "seres de outros planetas vieram para Terra" elas referem-se aos espíritos que habitavam esses planetas que se encarnaram aqui. Um processo de migrações interplanetárias muito difundido no esoterismo e no espiritualismo.
Em nossas fontes percebemos algumas divergências e algumas coincidências quanto as denominações dessas raças, suas características e localização.
Citaremos-as e depois apresentaremo-as de forma bem suscinta.
1ª Raça Pré-Adâmica
2ª Raça Adâmica
3ª Raça Lemuriana
4ª Raça Atlântica
5ª Raça Ariana (estamos na 7ª sub-raça da raça ariana)
Quanto a raça pré-adâmica e adâmica há divergência acentuado na abordagem segundo a Umbanda e sugundo a Gnosi. Para a Umbanda elas eram ensaios físicos e genéticos, seres às vezes descomunais, o mundo de então era um laboratório. Para a Gnosi, ao invés de denominá-las de pré-adâmica e adâmica elas são as raças protoplásmica e hiperbórea e são muito evoluidas detentoras de altas tecnologias e evolução espiritual.
As outras raças as divergência diminuem e a denominação é idêntica.
A raça lemuriana era compostas por seres gigantes que habitavam o antigo continente da Lemúria onde hoje está partes da Austrália e Oceania, sendo essas ilhas e massas continentais o resquícios desse antigo continente.
A raça atlântica seria a mais evoluída de todas e dominava tecnologias que hoje não fazemos ideia e dominavam a magia tando do bem como do mal. Foi o uso ambicioso e incontrolada dessa magia que teria ocasionado o fim dessa raça, a antiga Atlântica situva-se a oeste da Europa e ilhas como os Açoures seria seus resquícios.
Após a raça atlântica surge a raça ariana, na qual estamos vivendo na sétima sub-raça. A raça ariana é marcada pelo domínio dos povos brancos em detrimento dos vermelhos e negros. Suas sub-raças são: 1ª floresceu no planalto central da Ásia, especialmente no Tibet, 2ª seu apogeu foi na época pré-védica no sub-continente indiano e na China, 3ª Egito e Pércia, 4ª Grécia e Roma, 5ª Alemanha e países nórdicos, 6ª espanhóís miscigenados com as ameríndios e 7ª que seria a atual miscigenação que está em curso no mundo globalizado onde há grande quantidade de migração com grande dinamismo populacional, os EUA seriam um modelo dessa miscigenação.
Ainda segundo a Gnosi: "Nossa atual Raça terminará com um grande cataclismo. A Sexta Raça (Raça Koradhi) viverá em uma Terra transformada (a Quinta Ronda, ou Etérica [...] e a sétima será a última. Depois dessas Sete Raças, a Terra se converterá em uma nova lua. " [fonte]
O leitor deve ter percebido que uma raça se sobrepõe a outra e as sub-raças vão se miscigenando e dando origem as demais.

Referências:
RIVA, Neto F. (mestre Yamunissidda Arhapiagha) Umbanda-proto síntese cósmica. São Paulo: Pensamento, 1989 [obra mediúnica] Pode ser lida também online. Clik aqui.
Leituras relacionadas
Livro. A Caminho da Luz. Francisco Cândido Xavier [por Emmanuel] Descreve uma longa trajetória da evolução espiritual no planeta Terra, explica as migrações planetárias e traça uma cronologia desde os primórdios até os dias atuais.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...