sexta-feira, 29 de abril de 2016

Sobre Deus. Uma concepção espiritualista.

Possivelmente devido às "características" que conseguimos  atribuir a Deus a luz é um de suas formas de representação.

Não temos condição mental para entender um mistério desse porte. Em  todo caso, para confortar nossas análises podemos tecer as seguintes observações: 
Além de ser a inteligência suprema e a causa primeira de todas as coisas¹, Deus pode ser considerado o fator universal do transformismo² e aquilo (ou algo) que possibilita a incessante criação³.
Ou seja, Deus é aquilo ou algo que nos dá a possibilidade de criar incessantemente. Não pode ser matéria, não pode ser um ser, não pode ter forma, não pode se preocupar com individualidades, só nos conectamos com ele de forma indireta e em situações específicas.
  
Notas:
1. Visão espírita.
2. Augusto dos Anjos usou esse termo em seu poema Deus verme.
3. Nessa concepção temos de admitir que somos deuses e co-criadores.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...